Documentos extremamente seguros contribuem para estradas mais seguras

A emissão de cartas de condução à prova de falsificação costuma estar associada à vontade de o governo de um país aumentar a segurança na estrada. É provável que as pessoas que utilizam cartas de condução falsas tenham fracas competências de condução e uma elevada taxa de acidentes. É também mais frequente que conduzam um veículo sem seguro.

Para além de comprometer a segurança na estrada e perder receitas de impostos, as cartas de condução falsas também podem ser utilizadas como documento de identificação e como base para a solicitação de outros documentos em países onde não é obrigatório ter uma identificação nacional.

Tendo por base a sua longa experiência de produção e personalização de cartões em PVC e policarbonato, a Zetes está bem posicionada para fornecer documentos extremamente seguros. A nossa solução também permitirá aos governos controlar com precisão se o documento apresentado pelo condutor é original e se foi emitido pelo estado.

Os cartões de identificação seguros integram uma grande variedade de elementos de segurança visíveis e ocultos que permitem aos leigos e aos profissionais validar os cartões com toda a rapidez e precisão. Geralmente, os cartões de policarbonato têm 3 níveis de segurança, permitindo que cada fase do processo de produção dos documentos seja rigorosamente controlada.

A Zetes, enquanto produtora da carta de condução da Bélgica, está a par dos requisitos da diretiva europeia introduzida em 2006 como meio de assegurar uma maior liberdade de movimentos aos condutores das Nações Unidas, reforçando a segurança na estrada e ajudando a reduzir a fraude.

O departamento de Design Gráfico da Zetes também acumulou conhecimentos e ferramentas para criar as cartas de condução de acordo com os requisitos específicos de cada cliente.

istock_000015938795medium.jpg