Inovação contínua para oferecer os passaportes eletrónicos mais seguros e fiáveis do mundo

Com o crescente número de pessoas que diariamente atravessam as fronteiras, a segurança dos documentos de viagem tornou-se uma preocupação central para todos os Estados. Nos últimos anos, os passaportes evoluíram de simples documentos em papel para documentos altamente tecnológicos, integrando tecnologias como RFID e biometria, bem como outras técnicas avançadas para evitar a falsificação de documentos. Atualmente, os governos e entidades de controlo fronteiriço precisam de ter a capacidade de verificar as identidades de todos os passageiros de forma rápida e fiável.

img_2082_med.jpg

Com base nesta necessidade de melhorar o controlo da identidade das pessoas que viajam para um país, a Zetes desenvolveu uma gama de soluções que abrange a totalidade da cadeia de personalização dos passaportes, assegurando processos e documentos de elevada qualidade. A empresa investe e inova continuamente para assegurar a personalização e a entrega de documentos de acordo com os mais elevados requisitos de segurança.

Hoje em dia a Zetes produz alguns dos documentos mais seguros e avançados do mundo:

  • Passaporte eletrónico biométrico da Bélgica: tendo em conta o elemento mais sujeito a falsificação num passaporte, as autoridades belgas adotaram uma abordagem através da qual a fotografia é repetida até cinco vezes utilizando diferentes técnicas no documento. Isto faz com que seja praticamente impossível falsificar o documento.
  • Passaporte eletrónico biométrico da Costa do Marfim: quando foi criado em 2008, este era um dos mais avançados documentos deste tipo. Até à data, continua a ser um dos passaportes com o nível de proteção mais elevado em todo o mundo.
  • • Passaporte eletrónico biométrico da Gâmbia: A Zetes foi a primeira empresa do mundo a integrar a imagem da íris diretamente num chip RFID de um passaporte em alternativa às impressões digitais quando as mesmas não estão disponíveis.

Para assegurar um elavdo nível de interoperabilidade e serviço ao cliente, a Zetes também oferece uma solução para o controlo automático das fronteiras, permitindo a comparação da informação biométrica de um viajante com a informação contida no passaporte eletrónico ou através da comunicação com uma base de dados central segura que contém a informação biográfica e biométrica do viajante.