Resumo

O modelo de construção, operação (e transferência - opcional) “BO(T)” é um dos principais modelos de negócio implementados pela Zetes em projetos governamentais relacionados com a emissão de documentos eletrónicos de identificação e viagem. As autoridades concedem a produção e/ou a personalização destes documentos à Zetes durante 5, 10 ou mais anos. Consequentemente, a Zetes realiza o investimento necessário para instalar uma infraestrutura local, criar emprego local e transferir conhecimentos. Os funcionários recebem formação e beneficiam da experiência e dos conhecimentos da Zetes para gerir as novas instalações.

Sem investimento antecipado do governo

Para determinar o preço unitário de cada documento eletrónico, a Zetes procede ao inventário ou à avaliação de todos os componentes necessários:

  • Edifícios
  • Segurança
  • Máquinas
  • Hardware
  • Software
  • Serviços
  • Logística
  • Etc.

e todas as despesas operacionais:

  • operadores contratados e formados no país
  • visita de especialistas para a transferência de conhecimento local
  • equipa de projeto
  • etc.

A Zetes também suporta os custos de implementação da totalidade da infraestrutura. Assim, não é necessário investimento inicial (despesas de capital) por parte do governo local. Quando solicitado, é completado o modelo BOT no final do período de contrato organizando a transferência para o governo local de todas as licenças de hardware, máquinas e software.

Solidez financeira do fornecedor

Para poder oferecer um modelo deste tipo, ainda exclusivo da Zetes nesta indústria, uma empresa tem de ser financeiramente sólida. A Zetes é cotada na bolsa de valores e pratica uma gestão financeira transparente, dispondo dos fundos necessários para apoiar este tipo de investimentos no estrangeiro. As receitas provêm diretamente da venda dos documentos eletrónicos aos cidadãos. A viabilidade de um projeto é determinada pela duração do contrato (no mínimo 5 anos) e pela estimativa do número de documentos eletrónicos a emitir todos os anos durante a vigência do contrato.

Referências

Atualmente, a Zetes tem mais de 10 projetos BOT em execução na Bélgica, Israel, Costa do Marfim e Gâmbia.