Bruxelas, Praia, 22 de dezembro de 2020 – No último sábado, as autoridades cabo-verdianas lançaram oficialmente a recém-instalada solução de controlo de fronteiras, durante um evento que reuniu as autoridades cabo-verdianas, lideradas pelo Primeiro-Ministro Ulisses Correia e Silva, pelo Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, dirigentes da polícia cabo-verdiana, representantes da Zetes e a imprensa local. A Zetes foi nomeada para conceber e executar este projeto, cuja implementação decorreu em várias fases. A solução de controlo de fronteiras da Zetes inclui um serviço online de emissão de taxas de vistos e de segurança aeroportuária (Sistema Eletrónico de Viagem), assim como a implementação de 11 e-gates (portas eletrónicas) Panasonic com reconhecimento facial, estando integrada com listas de vigilância nacional e internacional, informações antecipadas sobre os passageiros (Advance Passenger Information ou API), etc. Os viajantes e as autoridades de controlo de fronteiras beneficiam agora de um controlo fronteiriço mais rápido e seguro. Como parte do projeto, a Zetes abriu um novo escritório em Cabo Verde.

 

Controlo de fronteiras: o estandarte de um país para os seus visitantes 

Com um número crescente de passageiros a cruzar as suas fronteiras (2,8 milhões em 2019), 
Cabo Verde precisava de uma solução segura e automatizada que permitisse proporcionar aos viajantes uma experiência de controlo de fronteiras fluida, garantindo verificações de identidade eficientes. As autoridades adjudicaram à Zetes com base na qualidade da oferta que apresentou combinando fiabilidade e a flexibilidade.

A primeira fase da implementação, centrada no fornecimento de uma solução de pré-registo de viajantes (taxas de visto e de segurança aeroportuária), estava operacional em menos de 3 meses. Os viajantes que pretendam visitar as ilhas podem agora efetuar a requisição online, através de um website dedicado. Procedendo ao pagamento, obtém posteriormente um número de processo, facilitando o controlo fronteiriço aquando da sua chegada. Tal significa que os viajantes podem evitar o incómodo de deslocações ao consulado.

 

Cruzar a fronteira em cerca de 12 segundos

A segunda fase centrou-se na implementação dos e-gates Panasonic nos quatro aeroportos internacionais de Cabo Verde (Santiago, Sal, Boa Vista e São Vicente). A terceira e última fase é a integração da solução de controlo de fronteiras completa, com listas de vigilância e API, que se encontra em curso e cuja conclusão está prevista para 2021. Quando estiver totalmente operacional, a solução vai permitir reduzir o tempo no controlo fronteiriço, por viajante, de 1 minuto e 30 segundos para apenas 30 segundos, utilizando os e-gates. Em condições ideais, este tempo pode ser reduzido para cerca de 12 segundos por passageiro. 

 

Uma colaboração Zetes/Panasonic, bem orquestrada com as autoridades cabo-verdianas

Paulo Rocha, Ministro da Administração Interna, refere: “À Zetes, nossa parceira tecnológica, coube as melhores soluções técnicas e a execução plena deste projeto, que muito nos satisfaz e orgulha. O desafio de proporcionar segurança, gerar confiança e bem-estar é, porventura, o ativo mais intangível de um país e também do mercado turístico internacional e, como tal, factor diferenciador que estamos empenhados em garantir, a par da competitividade.”

Alain Wirtz, CEO da Zetes, explica: “Graças à nossa gama de soluções ZetesOrbis, conseguimos apoiar as autoridades públicas de Cabo Verde com soluções de topo, altamente seguras e fiáveis, tanto para a identificação como para a autenticação de viajantes. Desde que a Zetes integrou o grupo da Panasonic, em 2017, temos procurado sinergias entre as duas empresas e estamos bastante satisfeitos com esta primeira implementação dos e-gates da Panasonic, que inclui um motor de reconhecimento facial de alto desempenho, que também está ativo em 7 aeroportos do Japão. 
A Panasonic é reconhecida pela sua excelência no desenvolvimento de tecnologias robustas e fiáveis, e estamos convictos do potencial incrível destes e-gates para implementação nos aeroportos a nível mundial.” 

- FIM -

 

Para mais informações:
Marketing Communications Manager
Sarah Dheedene
Tel. +32 2 728 37 11
E sarah.dheedene@zetes.com 

 

Sobre a Zetes 

A Zetes é uma empresa de tecnologia especializada na otimização da cadeia de abastecimento e em soluções de identificação dos cidadãos. As nossas soluções para a cadeia de abastecimento ajudam as empresas a obter agilidade, visibilidade e rastreabilidade em toda a cadeia de abastecimento. A nossa divisão de People ID (identificação de pessoas) oferece às autoridades públicas e instituições supranacionais soluções para permitir a autenticação de cidadãos tendo em conta a emissão de documentos de identificação e passaportes seguros assim como a criação de registos nacionais ou listas de eleitores.

A Zetes está sediada em Bruxelas e tem mais de 1300 funcionários em 22 países na região EMEA. Em 2017, a Zetes tornou-se subsidiária da Panasonic Corporation. Para obter mais informações, visite www.zetes.pt com ou subscreva a nossa newsletter. Siga-nos no LinkedIn e no Twitter

Sobre as soluções Zetes ID de Pessoas

A divisão ID de Pessoas da Zetes fornece às autoridades públicas soluções seguras para identificar corretamente a sua população, e cumprir as mais exigentes normas internacionais para a emissão de documentos e a organização de eleições democráticas. Temos mais de 10 anos de experiência na implementação de projetos confidenciais para governos e organizações supranacionais. As nossas soluções são caracterizadas pela sua fiabilidade, combinada com a nossa flexibilidade e capacidade de execução. Esta abordagem permite-nos dar as melhores garantias para que os cidadãos possam provar a sua identidade e exercer os seus direitos democráticos.

whitepaper

At the heart of the population register

Challenge, analysis, and approach. 44 pages

Download the white paper