Bruxelas, 29 de setembro de 2020 - Sete anos após conquistar o mercado da personalização dos passaportes belgas, a Zetes renovou as suas funções de parceira chave com o Serviço Público Federal de Negócios Estrangeiros (SPF Affaires étrangères). A empresa optou por produzir passaportes de nova geração, estando o lançamento oficial previsto para 2021. O contrato do tipo "Build, Operate & Transfer" (BOT) significa que a Zetes tem a seu cargo os investimentos necessários e é remunerada em função do número de documentos emitidos. O contrato tem a duração de 7 anos e é renovável até 3 vezes pelo período de um ano.

 

Um passaporte totalmente renovado

Para além de um design totalmente reformulado, o novo passaporte belga inclui também um conjunto de novidades tecnológicas. A página de informações será em policarbonato e integrará numerosas técnicas para combater a contrafação de forma ainda mais eficaz. Para além disso, esta página incluirá uma janela transparente com um elemento de descodificação duplo e chip sem contacto, que contém, nomeadamente, os dados biométricos (fotografia en impressões digitais). A tecnologia "Image Perf" também fará parte dos elementos de segurança adicionais. Para além disso, será codificado um determinado número de dados num código Datamatrix.

 

Extensão das missões da Zetes: PKI OACI e NPKD

No âmbito do alargamento das suas competências e do seu portfólio de soluções nos últimos anos, a Zetes também assume a responsabilidade pela execução de serviços adicionais na produção do passaporte eletrónico belga. Estas vertentes dizem respeito à implementação da infraestrutura de chaves públicas (PKI) em conformidade com as exigências da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) e do Diretório nacional de chaves públicas (NPKD). Este contém os certificados dos passaportes emitidos por outros Estados que não a Bélgica, que permitem a leitura pelas autoridades aduaneiras belgas quando os viajantes provenientes destes países atravessam a fronteira nacional. A PKI OACI servirá para a emissão de certificados digitais dos passaportes eletrónicos belgas e ficará a cargo da divisão ZetesConfidens.

 

 

Pedidos muito urgentes: entrega em 4 horas

Os documentos personalizados pela Zetes serão produzidos pela Thales. O contrato prevê igualmente o fornecimento de passaportes provisórios às embaixadas belgas. Estes também foram revistos para aumentar a segurança, não obstante a personalização que tem necessariamente de se realizar ao nível local.

 

A entrega dos passaportes aos municípios é assegurada pelo serviço ZetesExpress, que entrega também cartões eID e cartas de condução. O prazo de entrega é de 5 dias para os pedidos normais, sendo que este pode ser reduzido para 4 horas no caso dos pedidos muito urgentes

 

Um documento de referência

Alain Wirtz, Presidente do Conselho de Administração da Zetes, declarou: "A ambição das autoridades belgas e a nossa consiste em fornecer aos cidadãos da Bélgica um dos passaportes mais seguros do mundo, integrando tecnologias avançadas. Estamos convictos de que este novo documento constituirá uma referência ao nível internacional. Temos muito orgulho na estreita colaboração que temos mantido com o Serviço Público Federal de Negócios Estrangeiros (SPF Affaires étrangères) ao longo dos anos e estamos ansiosos por nos dedicarmos ao lançamento deste projeto. "

 

Em 2019, o volume de passaportes eletrónicos belgas foi de aproximadamente 550 000 unidades.

 

- FIM-

Para mais informações 

Marketing Communications Manager

Sarah Dheedene

T +32 2 728 37 11

E sarah.dheedene@zetes.com

 

Sobre a Zetes

A Zetes é uma empresa de tecnologia especializada na otimização da cadeia de abastecimento e em soluções de identificação dos cidadãos. As nossas soluções para a cadeia de abastecimento ajudam as empresas a obter agilidade, visibilidade e rastreabilidade em toda a cadeia de abastecimento. A nossa divisão de People ID (identificação de pessoas) oferece às autoridades públicas e instituições supranacionais soluções para permitir a autenticação de cidadãos tendo em conta a emissão de documentos de identificação e passaportes seguros assim como a criação de registos nacionais ou listas de eleitores.

A Zetes está sediada em Bruxelas e tem mais de 1300 funcionários em 22 países na região EMEA, com receitas no valor de 270.2 milhões de euros em 2019. Em 2017, a Zetes tornou-se subsidiária da Panasonic Corporation. Para obter mais informações, visite www.zetes.pt ou subscreva a nossa newsletter. Siga-nos no LinkedIn e no Twitter.

 

Sobre as soluções Zetes PeopleID

A divisão ID de Pessoas da Zetes fornece às autoridades públicas soluções seguras para identificar corretamente a sua população, e cumprir as mais exigentes normas internacionais para a emissão de documentos e a organização de eleições democráticas. Temos mais de 15 anos de experiência na implementação de projetos confidenciais para governos e organizações supranacionais. As nossas soluções são caracterizadas pela sua fiabilidade, combinada com a nossa flexibilidade e capacidade de execução. Esta abordagem permite-nos dar as melhores garantias para que os cidadãos possam provar a sua identidade e exercer os seus direitos democráticos.

whitepaper

At the heart of the population register

Challenge, analysis, and approach. 44 pages

Download the white paper